Os Fantasmas da Guerra Fria

Podemos considerar a assombração resolvida? Será que o espírito se foi? Em meu último texto*, abordei sobre os maldizeres de um certo gasparzinho. Ele aparentemente está vivo, mas assombrando outra região: os Bálticos.

O leitor deve estar se perguntando “os Balcãs?!” “Aqueles países onde ficavam a antiga Jugoslávia?”. Não, não! Os países Bálticos — Estônia, Lituânia e Letônia — são totalmente diferentes. Estão mais próximos da Dinamarca do que aqueles. Porém, mesmo que tão distantes, uma coisa os une. O senhor Gaspar, para lhe tratar de forma mais respeitosa, olha para cada um, almejando suas posses e desdenhando suas soberanias. Ele vêm alimentando uma dança macabra.

A condicionante para que isso acabe: águas quentes!

Vocês, de um mundo impregnado por falsas verdades do multilateralismo, não entendem! Quando vemos um lobo, devemos ter medo. Diferentemente de cães, que podemos controlar, os lobos somente se preocupam com suas inclinações, com seus desejos e com sua fome.

O Sr Gaspar irá fazer de tudo para conseguir o que quer…

Moldávia fique esperta. Romênia, Bulgária, Sérvia e até Grécia, também, pois, quando um gigante decide ir ao ataque, ele será implacável e rápido. Em contramão, seria fácil dizer que os Bálticos estariam salvos. Forte estabilidade política, inovações econômicas e Liberalismo. No entanto, seu guardião-mor, a OTAN, está cada vez mais fraca, fazendo voltar aquele frio e cortante vento da autocracia.

Seria essa a janela perfeita para nós entendermos, não o mundo ideal e perfeito, mas o mundo de verdade. Por anos, e por motivos óbvios, negamos o mau do homem. Ficamos com medo de nós mesmos, mas precisamos encarar a realidade como ela é; já que, se ficarmos achando que há panacéia na ilusão, encontraremos a morfina de nossa morte.

É com duas frases do cardeal Richelieu que desejo a Estônia, Lituânia e Letônia os meus sinceros cumprimentos.

"O homem é imortal, sua salvação está no além"

"O Estado não tem imortalidade, sua salvação é agora ou nunca"

* Suzuki, Eric. "Faça o que eu mando, não faça o que eu faço". Disponível em: https://www.ibliberty.com/post/fa%C3%A7a-o-que-eu-mando-n%C3%A3o-fa%C3%A7a-o-que-eu-fa%C3%A7o

9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo